Palavrantiga mostra em 5 musicas que o rock não morreu

Coloquei Palavrantiga pra tocar enquanto eu escrevia, só pra me ambientar. Sugiro começar a ouvir por “Feito de Barro”, depois “Casa”, “Minha Menina” e “Sobre o Mesmo Chão”.

Mais de 10 anos de carreira, resistindo ao usual com letras que te fazem pensar e abraçam, expressando o cristianismo por meio de metáforas em composições nada habituais no mundo gospel o Palavrantiga lança seu primeiro álbum visual. Depois de um período sabático, seu retorno é também aos palcos, agora com uma nova formação. Marcos Almeida, líder da banda, é acompanhado pelos músicos Felipe Vieira, Gabriel Vicente, Raysllan Naydel e Johnny Essi.

Onde está o rock nacional?” foi o meu questionamento, ainda no inicio desse ano. E então, pouco tempo depois, Palavrantiga anuncia seu retorno, com uma nova música e, agora, com PALAVRANTIGA PART 1, álbum em parceria com a Musile Records, o que me trouxe uma alegria própria de fã de banda. Mais que alegria, uma esperança.

Eu acredito que gostar de bandas é diferente do que gostar de um cantor. Primeiro que a ideia de muitos participantes fazendo diferentes coisas dentro de um todo me faz sentir parte daquilo. Quando estou ouvindo Palavrantiga, naquela sintonia, eu sou palavrantiga. Outro aspecto interessante é ser fã em grupo. Não sei se você já percebeu mas ser fã de banda, sozinho, é estranho. Vem de cara a sensação de compartilhar e, diferente de gostar de um cantor, não existe ciúmes, você quer mesmo compartilhar. Não sei se a psicologia explica, nem se preciso de terapia, mas tenho essa teoria sobre fãs de banda.

Depois da alegria como fã de banda, veio o acréscimo de ser fã de bandas que tocam o bom e velho rock, que assim como um bom vinho, fica melhor a cada ano que passa. Palavrantiga é o melhor vinho que tomei em muito tempo e, sem dúvida, esse álbum visual faz parte desse desfrutar.

Tal sentimento também é compartilhado pela banda: “Retornar, para a gente, significa renascer. Renascer com a missão de inspirar pessoas a não desistir, a continuar tentando apesar dos erros e acertos, não mudar o alvo, prosseguir cantando. Assistir a esse projeto do Palavrantiga é poder ver o testemunho real de um esforço… Amigos que olham no olho um do outro e dizem: não desiste não”, contam os integrantes.

Assistir “Casa” cheia de arranjos novos e com a vibração do show ao vivo, foi como ver pela primeira vez, pensei: caramba parece uma música nova. Ao mesmo tempo que senti aquela alegria de ouvir sua música favorita no rádio (de maneira aleatória, como na vida antes das plataformas de streaming), deu vontade de cantar junto, gritar, pular, abraçar um desconhecido, dançar sem jeito. Essa é a sonoridade do Palavrantiga.

Visualmente, é belíssimo o trabalho da edição, os efeitos, essa câmera analógica, genial. Muito atrativo. O cenário também é muito atraente ainda que muito confortável. Não existe nada que canse o olhar, é grandioso ao mesmo tempo que traz uma sensação intimista.

Mas como sou apenas um, fiz o desafio para alguns fãs compartilharem, em poucas palavras, a sensação de assistir PALAVRANTIGA PART 1. Fique com alguns relatos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Eu poderia dizer que Palavrantiga é aquele vinho bíblico, para trazer alegria e comunhão.

O Rock nacional vive, junto com o Palavrantiga.

Dá pra pensar neles agitando o Rock in Rio, vocês não acham?

Assista ao álbum visual no YOUTUBE e ouça agora na playlist CRISTÃO DIFERENTÃO no spotify.

Leia também:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s