[RESENHA] Aprenda a estimar a Deus ao desfrutar de suas obras

Autor: Joe Rigney. Título: As Coisas da Terra – Estimar a Deus ao Desfrutar de Suas Obras. 288 páginas. Editora Monergismo. Disponível para compra na Editora Monergismo e na Amazon

“Limonada gelada. O riso das crianças. Futebol universitário. Ovos mexidos com bacon frito. Mas o que acontece a esses prazeres terrenos quando Jesus se manifesta? As coisas da terra estranhamente perdem o brilho? Ou ele brilha em tudo que é bom? “

Ao longo de 12 capítulos, Joe Rigney discorre de forma clara e profunda, como podemos desfrutar das coisas criadas por Deus de maneira que o glorifique. Partindo da premissa de que, “Deus é mais glorificado em nós quando estamos mais satisfeitos nEle”.

Um livro que John Piper diz ter sido útil para sua vida é um livro que precisa ser lido. E esse é um deles. “As coisas da Terra- Estimar a Deus ao desfrutar de suas obras” exigirá do leitor paciência e disponibilidade. Particularmente tive que recorrer algumas vezes a internet e a bíblia para entender melhor alguns conceitos teológicos abordados no livro, como o Hedonismo Cristão.

Talvez você também tenha que voltar em alguns capítulos para uma segunda leitura, mas diria que esse livro é não apenas necessário, mas indispensável para cristãos maduros que desejam adorar a Deus de maneira completa.

Estilística e narrativamente influenciado por C.S. Lewis, Jonathan Edwards e John Piper, Joe consegue trazer um texto atraente, apesar da densidade que mencionei nos outros parágrafos. Então se procura essa narrativa dinâmica, este também é o seu livro.

Destaco especialmente a quebra de segmentação que Joe Rigney trabalha com maestria durante o texto. Tendemos a dividir a vida em dois lados: vida secular e vida ministerial, prazer e trabalho, secular e sagrado, diversão e adoração. Mas na prática não somos assim. Sou o Vinicius jornalista, cristão, blogueiro, músico, filho, paulista, tudo ao mesmo tempo. Não coloco para dormir meu eu jornalista crítico enquanto estou sendo cristão. E por essa sedimentação da vida criada por nós, e por outros fatores e também aspectos, temos dificuldade de compreender o hedonismo cristão do qual o livro fala.

“Neste livro, Joe Rigney oferece um sopro de ar fresco a cristãos oprimidos por padrões falsos, expectativas impossíveis e noções equivocadas de santidade. Buscando o meio-termo entre a idolatria, de um lado, e a ingratidão, de outro, este livro imprescindível lembra-nos de que toda boa dádiva vem das mãos do Pai, de que as bênçãos de Deus devem levar-nos à adoração e a generosidade e de que a paixão pela glória de Deus é tão grande quanto o mundo. “

Para saber mais sobre o Hedonismo cristão:

Um comentário sobre “[RESENHA] Aprenda a estimar a Deus ao desfrutar de suas obras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s