Brennan Manning e o Evangelho Maltrapilho

Autor: Brennan Manning / Título: O evangelho maltrapilho
Páginas: 222. Brennan Manning/1990. Editora Mundo Cristão.
Disponível para compra na Saraiva.
Este é um dos livros que há algum tempo estava querendo ler e não me decepcionei. Nele descobri um evangelho por muito tempo rejeitado, que ama as pessoas que estão “à margem” de uma maneira pura e real. Um evangelho que aceita e abraça os pecadores, que está sempre pronto a perdoar: o evangelho de Jesus, o evangelho maltrapilho. Surpreendi-me com um livro publicado pela primeira vez há 26 anos atrás.

Continua sendo tão atual, realmente não parece antigo, os bons autores têm disso.

“Viver pela Graça significa reconhecer toda a história da minha vida, o lado bom e o ruim. Ao admitir o meu lado escuro, aprendo quem sou e o que a graça de Deus significa.” Pág.25 

Boa parte do livro fala sobre a Graça – o dom gratuito de Deus, e como nós nos esquecemos dela. Não somos merecedores, recebemos gratuitamente porque nada que temos poderia compra-la, nem nossa vida de retidão, nem dinheiro, nem bens, nem nossa caridade, milhares de funções na igreja, orarmos incessantemente; nada poderia comprar a Graça. E como diz na Palavra: a quem muito é perdoado, muito ama, e a melhor maneira de demonstrar o amor de Deus por nós é mostrar a outros esse amor.
“Em essência, há uma única coisa que Deus pede de nós – que sejamos homens e mulheres de oração, gente que viva perto de Deus, gente para quem Deus seja tudo, para quem Deus seja suficiente.” Pág.46
O Evangelho Maltrapilho também fala sobre aceitação, reconhecer o seu papel no reino de Deus e, acima disso, reconhecer que nós somos apenas instrumentos, vasos, não temos nada que atraia em nós mesmos, não são nossos atos que nos levarão a salvação, mas a graça de Deus.
“As meretrizes e vigaristas entram antes de nós porque sabem que não podem salvar a si mesmos; que não têm como tornarem-se apresentáveis ou amáveis, mas só pela graça.” Pág.79  
O livro já me ganhou pela capa, confesso. Excelente trabalho de Douglas Lucas, muito legal. Depois as orelhas, como não ser apaixonado por livros com orelhas? Por fim, comentários de Michael W. Smith, Rich Mullins e Osmar Ludovico aprovando o livro, me enchi de expectativas antes de começar a ler e foram superadas. 
 
“O maltrapilho que vê sua vida como uma viagem de descoberta e resolve correr o risco de falhar sente-se melhor a respeito de sua fidelidade do que o homem tímido que se esconde atrás da lei e nunca descobre, de modo algum, quem realmente é.” Pág.194
Ótima leitura!
Vinicius Castro

4 comentários sobre “Brennan Manning e o Evangelho Maltrapilho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s